****************** Um blog dedicado ao meus alunos da Rede Pública e Privada de Ensino. ******************

segunda-feira, 13 de junho de 2011

Imprensa

Companheiros, amigos, amigas e parentes
dois mil trabalhadores da rede estadual decidiram na última terça feira, em assembléia no Clube Municipal, entrar em greve, depois do governador se negar durante mais de um mês a negociar com o sindicato um aumento (a proposta do Cabral é aumento zero para a educação neste ano). Na própria terça um ato reuniu quase quatro mil pessoas na Alerj. Na sexta mais um ato, com concentração na Candelária e passeata até a Alerj, reuniu mais de dez mil trabalhadores e simpatizantes. Neste domingo, o SEPE (Sindicato Estadual dos Profissionais da Educação-RJ) organizou junto com os bombeiros um ato que reuniu mais de cem mil pessoas.
Apesar da grande mobilização (ver em http://www.seperj.org.br ou emhttp://lutaeducadora.blogspot.com/) da GREVE DA EDUCAÇÂO, a imprensa decidiu censurar a população desta informação. Todos estes atos foram ignorados ou a imprensa simplesmente ignorou a greve da educação e noticiou como se fosse uma manifestação única e somente dos bombeiros. É necessário divulgar a GREVE DA EDUCAÇÃO e denunciar o salário de fome pago (R$722) aos professores, as salas superlotadas, a ausência de funcionários nas escolas, a condição de vários prédios da rede que estão em situação catastrófica. Envio as fotos do ato de sexta-feira:

Envio este e-mail, pois sei que todos vocês apóiam a escola pública e lutaram ou lutam pela existência desta, tendo enfrentado esta mesma estratégia dos meios de comunicação.
bjs e abraços
Rodrigo Lamosa

Nenhum comentário:

Postar um comentário