****************** Um blog dedicado ao meus alunos da Rede Pública e Privada de Ensino. ******************

quarta-feira, 31 de agosto de 2011

Escritores

Escritoreshttp://portalliteral.terra.com.br/registro/login.php

Existe um entendimento, por parte não pequena do povo, que escritor é o homem trabalhador das letras, e delas vive.
Nada pode ser tão falso. Muitos e muitos escritores famosos só foram descobertos após anos de trabalho, publicado ou não. A literatura guarda muita semelhança com suas irmãs. A arte, sendo expressão humana, é muito igual. Parece que a mais próxima é a pintura e outras artes plásticas. 
Como são enaltecidos alguns artistas destas áreas, e como o contrário é verdadeiro. Parto do seguinte pressuposto: todo aquele que escreve é escritor. Se ele é bom ou mal, só os leitores e a crítica isenta podem dizer. Ser escritor não implica de jeito nenhum que exista a obrigação de já haver publicado alguma coisa da sua obra. Editores de hoje não se interessam por talento, mas pela capacidade de gerar lucros que determinado autor é capaz de fazer.
Os artistas são todos não bem entendidos como tal, no meio do povo. Fernando Pessoa, hoje leitura obrigatória de quem quer escrever bem, apareceu muitos anos após seus poemas. Van Gogh é exemplo clássico. Jamais vendeu um só óleo que executou, embora alguns conhecedores afirmem que vendeu um, a uma brasileira que morava na Europa. Hoje não existe dinheiro que pague um quadro de girassóis num jarro, como não existem obras do holandês no mercado.
Ora, isto desmente de todo a afirmação, por exemplo, que é pintor quem vive da sua arte, ou é escritor quem tem livro publicado, vendendo bem.
É o mercantilismo invadindo lugares onde têm que ser posto para correr. É verdade que temos bons ou maus escritores, mas este é outro aspecto da questão. No Brasil, poucos conseguiram ou conseguem viver da literatura, fato notório. O próprio João Ubaldo escreve para jornais conhecidos, defendendo seu sustento, quando na atualidade é o melhor autor brasileiro, se esta afirmação é cabível.
Fagundes Varela, por exemplo, vivia da mesada que o pai lhe dava. Sem dúvida, é um dos mais seguros e conscientes poetas brasileiros. Não vou fazer rol; não teria fim.
A indústria de editores norte-americanos sabe preparar um lançamento que será best seller por meses, trazendo excelente lucro e remunerando muito bem o autor, que logo se torna rico. 
São as faces do mundo contemporâneo, capazes de afirmação medíocre e visão limitada no mundo da Arte.
Escritor é todo aquele que escreve prosa ou verso, independente de qualquer outra necessidade.
É o talento de criar. Aqui recai uma face distinta. Um conceituado médico ou advogado, por exemplo, quando publica ou escreve seus trabalhos, está divulgando conhecimento especializado. Não é artista, fato que não o diminui.
Escritor é aquele que com o seu talento e arte, comunica-se com o mundo, divulga sua idéia. Escreve. 


tags: Niterói RJ literatura



Jorge Sader Filho - perfil
Niterói, RJ

sobre o usuário
Advogado e escritor
Colunista político do Vote Brasil
Colaborador do Pravda
Participante dos sites Recanto das Letras, Blocos Online, Garganta da Serpente
http://aduraregradojogo24x7.blogspot.com
tags mais usadas

Nenhum comentário:

Postar um comentário