****************** Um blog dedicado ao meus alunos da Rede Pública e Privada de Ensino. ******************

terça-feira, 22 de novembro de 2011

MEC pune 60 faculdades com nota abaixo de 1,45

MEC pune 60 faculdades com nota abaixo de 1,45

Instituições foram mal avaliadas nos últimos três anos e não poderão aumentar vagas

iG São Paulo | 22/11/2011 12:11
O Ministério da Educação (MEC) puniu com medida cautelar 60 instituições de ensino superior que tiveram o Índice Geral de Cursos (IGC) abaixo de 1,45 em 2010 e conceitos insatisfatórios (1 e 2) nos dois anos anteriores. A lista das escolas e faculdades punidas foi publicada no Diário Oficial da União desta terça-feira.
O IGC é uma nota de 0 a 5 atribuída à instituição durante o processo avaliativo do ministério. Ele engloba conceitos como o desempenho dos alunos no Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes (Enade), infraestrutura e corpo docente.
As instituições punidas ficam proibidas de aumentar a oferta de vagas em seus cursos de graduação e pós-graduações lato sensu, têm suspensos os recredenciamentos e autorizações de cursos (processos que validam os diplomas dos alunos) e irão ficar sob supervisão do ministério até que sanem as deficiências.
As medidas cautelares vigoram até deliberação da Secretaria de Regulação e Supervisão da Educação Superior do Ministério da Educação (SERES/MEC) sobre o relatório final do processo de supervisão ou a divulgação de IGC satisfatório, ou seja, com conceito igual ou maior que 3 na avaliação de 2011, que será divulgada somente no ano que vem. As faculdades têm 30 dias para informar as providências que serão adotadas.
Universidades
Nesta terça-feira, o MEC também aplicou uma medida cautelar a oito instituições que tiveram conceito 2, considerado insatisfatório, nos últimos dois anos. Foram punidos a Universidade Bandeirante (Uniban), o Centro Regional Universitário de Espírito Santo do Pinhal (Unipinhal), o Centro Universitário Estácio Radial (Radial) e o Centro Universitário Capital (Unicapital), de São Paulo; o Centro Universitário Carioca (Unicarioca) e o Centro Universitário Geraldo di Biase (Ugb), do Rio de Janeiro; o Centro Universitário Estácio da Bahia (FIB); e o Centro Universitário do Norte (Uninorte), do Amazonas.
Estas oito instituições também não poderão ampliar as vagas e ficarão sob supervisão do MEC. Além disso, perdem a autonomia dada às universidades e centro universitários de criar novos cursos. Elas também têm 30 dias para informar quais providências tomarão.
Veja a lista de instituições de ensino superior que tiraram IGC inferior a 1,45 em 2010 e conceito 1 ou 2 em 2009 e 2008:
Instituição / Sigla / Estado / IGC 2010
1 FACULDADE DE FORMAÇÃO DE PROFESSORES DE PENEDO (FFPP-AL) 1,02 
2 ESCOLA DE ENGENHARIA KENNEDY (EEK-MG) 1,33
3 ESCOLA DE SOCIOLOGIA E POLÍTICA DE SÃO PAULO (ESP-SP) 1,21
4 ESCOLA DE ENGENHARIA DE AGRIMENSURA (EEA-BA) 1,02
5 FACULDADE DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS DE ITAPETININGA (FCCI-SP) 1,22
6 FACULDADES INTEGRADAS SILVA E SOUZA (FAU-RJ) 0,97
7 FACULDADE DE REABILITAÇÃO DA ASCE FRASCE RJ) 1,04
8 FACULDADE DE CIÊNCIAS HUMANAS DE CURVELO (FAC IC-MG) 1,42 
9 ESCOLA SUPERIOR DE ENSINO HELENA ANTIPOFF (ESEHA-RJ) 1,13 
10 FACULDADE ALVORADA DE EDUCAÇÃO FÍSICA E DESPORTO (FAEFD-DF) 1,33 
11 FACULDADES INTEGRADAS DE DIAMANTINO (FID-MT) 1,08 
12 FACULDADES INTEGRADAS DE CASSILÂNDIA (FIC-MS) 1,32 
13 FACULDADE DE CIÊNCIAS TECNOLÓGICAS DE FORTALEZA (FCTFOR-CE) 1,29 
14 FACULDADE PIAUIENSE DE PROCESSAMENTO DE DADOS (FPPD-PI) 1,06 
15 FACULDADE DE INFORMÁTICA DE CUIABÁ (FIC-MT) 1,22 
16 INSTITUTO DE ENSINO E PESQUISA OBJETIVO (IEPO-TO) 1,33 
17 FACULDADE AFIRMATIVO (FAF I-MT) 1,30 
18 FACULDADE METROPOLITANA DE CAMAÇARI (FAMEC-BA) 1,41 
19 FACULDADE MORUMBI (SUL FMS-SP) 1,41 
20 FACULDADES INTEGRADAS DE RONDONÓPOLIS (UNIR-MT) 1,33 
21 INSTITUTO DE CIÊNCIAS SOCIAIS E HUMANAS (ICSH-GO) 1,41 
22 FACULDADE DE PIRACANJUBA (FAP-GO) 0,89 
23 FACULDADES INTEGRADAS INTERAMERICANAS (FAITER-SP) 1,12 
24 FACULDADE DE CIÊNCIAS, LETRAS E EDUCAÇÃO DO NOROESTE DO PARANÁ (FACLENOR-PR) 1,06 
25 FACULDADES INTEGRADAS DE TANGARÁ DA SERRA (FITS-MT) 1,42 
26 FACULDADE DE ODONTOLOGIA DE MANAUS (FOM-AM) 0,75 
27 FACULDADE VALE DO APORÉ (FAVA-MS) 1,42 
28 FACULDADE DOS CERRADOS PIAUIENSES (FCP-PI) 1,31 
29 INSTITUTO SALESIANO DE FILOSOFIA (INSAF-PE) 1,44 
30 FACULDADE MACHADO DE ASSIS (FAMA-RJ) 1,36 
31 FACULDADE DE CIÊNCIAS E TECNOLOGIA DE TERESINA (FACET-PI) 1,18 
32 FACULDADE DE TECNOLOGIA DE SÃO VICENTE (FATEF-SP) 1,43 
33 FACULDADE INTESP (INTESP-SP) 1,10 
34 FACULDADE DE EDUCAÇÃO DE VITÓRIA (AUFES-ES) 1,11 
35 FACULDADE DO INSTITUTO BRASIL (FIBRA-GO) 1,22 
36 FACULDADE DA ESCADA (FAESC-PE) 1,38 
37 FACULDADE DO VALE DO ITAPECURÚ (FAI-MA) 1,31 
38 FACULDADE ATLÂNTICO (FA-SE) 1,41 
39 FACULDADE DO ESPÍRITO SANTO (UNES-ES) 1,35 
40 INSTITUTO SUPERIOR DE EDUCAÇÃO DE SALGUEIRO (ISES-PE) 1,06 
41 FACULDADE DE DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL DE CRUZEIRO DO SUL (IEVAL–AC) 1,38 
42 FACULDADE DE CIÊNCIAS, EDUCAÇÃO E TEOLOGIA DO NORTE DO BRASIL (FACETEN-RR) 1,45 
43 FACULDADE PAN AMERICANA (FPA-PA) 0,83 
44 FACULDADE PADRÃO (GO) 1,35
45 FACULDADE DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO DE PARAÍSO DO TOCANTINS (FSIP-TO) 1,30 
46 FACULDADE RORAIMENSE DE ENSINO SUPERIOR (FARES-RR) 1,09 
47 FACULDADE DE TECNOLOGIA SENAI LUZERNA (SENAI LUZERNA-SC) 1,33 
48 INSTITUTO SUPERIOR DE EDUCAÇÃO PROGRAMUS (ISEPRO-PI) 0,82 
49 INSTITUTO DE ENSINO SUPERIOR SANTA CECÍLIA (IESC-AL) 1,25 
50 FACULDADE DE TECNOLOGIA SÃO FRANCISCO (FATESF-ES) 1,29 
51 INSTITUTO DE ENSINO SUPERIOR MÚLTIPLO (IESM-MA) 1,35 
52 FACULDADE DE CIÊNCIAS EXATAS E HUMANAS DA CAMPANHA (FCCP-MG) 1,44 
53 FACULDADE UNILAGOS (UNILAGOS-PR) 1,06 
54 FUNDAÇÃO DE ENSINO SUPERIOR DE CLEVELÂNDIA (FESC-PR) 1,22 
55 FACULDADE DE TECNOLOGIA DE MINAS GERAIS (FATEMG-MG) 1,24 
56 FACULDADE DE TECNOLOGIA IAPEC (IAPEC-PR) 1,30 
57 FACULDADE DE TECNOLOGIA PENTÁGONO (FATEP-SP) 1,44 
58 FACULDADE DE TECNOLOGIA SENAC PASSO FUNDO (SENAC PASSO FUNDO-RS) 1,31 
59 FACULDADE DE TECNOLOGIA DE CURITIBA (FATEC-PR) 1,36 
60 FACULDADE DE TECNOLOGIA SENAI SÃO JOSÉ (SENAI-SC) 1,35

Fonte:

Um comentário:

  1. Acho que o MEC deveria aproveitar o mesmo DOU para punir as escolas públicas que representam 96% das instituições de ensino que ficaram abaixo da média no último ENEM.

    ResponderExcluir